Principal

Missão

Conteúdo

Notícias

Autores

Links

Fórum

Peace from Harmony
Missão

Uma  nova  Cultura  da   Paz  com  base na Harmonia Social

S I M   à    Harmonia Social  e  à  Paz  Harmoniosa 

N Ã O  às guerras,  ao  terrorismo  e à  pobreza

 Site  internacional,cosmopolita,pluricultural e interdisciplinar.Uma iniciativa resultante do Forum Internacional   Literatura e Cultura da Paz : IFLAC  PAVEPEACE.  Essa notável  organização ---  particularmente o trabalho de sua incansável  fundadora  e presidente,Ada Aharoni  --- verdadeira cidadã planetária,  inspirou-nosa lançar este  site ,dedicado à Paz  proveniente da Harmonia Social.

Definição-chave 

 Cria-se  uma nova Cultura da Paz  que possa prevenirguerras,terrorismo e pobreza  quando uma ordem naturalde harmonia social prioriza o bem-estar  de crianças,pais  e responsáveis , pois  50 a 80% da população de  cada país é constituída portais co-construtores da vida social. Esses gruposamam  a  Paz   e  constituem as bases sociais  para  umanova e harmoniosa  Cultura da Paz.

Missão do site

Construir uma nova e harmoniosa  Cultura da Paz efortalecer  seus fundamentos sociais.  Nosso site está   aberto a todas as pessoas e organizaçõesque partilham desta Missão. 

Idéias Básicas e Propósitos

A cultura tradicional da paz, inerente a uma sociedade industrial, é uma cultura do equilíbrio entre o poder e as forças militares. Este equilíbrio é sempre instável. É direcionado, não para a exclusão das guerras, mas, para limitá-las, ou afastá-las em detrimento da corrida armamentista. Por conseguinte, essa cultura não desenvolveu agentes e instituições eficientes para evitarem a guerra e o terrorismo. Isto se confirma pelas ocorrências numerosas de guerras localizadas e atos de terrorismo quase diários. A fonte originária desses atos é uma cultura e uma ordem de desarmonia social e uma sociedade industrial que dá prioridade ao poder econômico. Uma sociedade de informação planetária poderá mudar nossas prioridades e concentrar-se na paz harmoniosa. A sociedade moderna, em diferentes países é de 60% a 90% industrial e somente de 10% a 40% informacional, mas, isto está mudando rapidamente. A paz tradicional é frágil e instável, cheia de pobreza, terrorismo e guerras, incluindo guerras globais. A paz tradicional é uma trégua entre guerras, a preparação para a guerra e paz à margem de conflitos. Portanto, a paz subordina-se à guerra, ao invés da paz pelo amor à própria paz, felicidade e harmonia. Em nome da paz, as sociedades industrializadas preparam as crianças para a guerra ao invés da paz.

A nova cultura da paz é uma cultura da paz harmoniosa, que nasce de uma sociedade globalmente informada. Suas bases são sustentadas por uma ordem de harmonia social, por um equilíbrio sustentável de grupos sociais e etnias que dão prioridade às crianças, pais e especialmente às mães que ficam a cargo de maiores cuidados com as crianças etodos aqueles que cuidam de crianças de um modo geral. Estes grupos fazem parte de 50% a 80% da população de países diferentes. Eles possuem a energia básica que constitui o amor à paz e à harmonia social e proporcionam os fundamentos sociais para uma nova cultura da paz harmoniosa. Somente a harmonia social criando uma nova paz sustentável, será capaz de evitar guerras terrorismo e pobreza.

O contraste entre uma nova cultura da paz e a paz tradicional e suas relações: a cultura tradicional da paz, inerente a uma sociedade industrial, só faz limitar as oportunidades para as guerras e o terror, mas não evita que a pobreza se estabeleça. A nova cultura da paz, surgindo em uma sociedade globalmente informada evita toda essa negatividade através de uma nova ordem social de harmonia. Origina-se em uma nova sociedade com bases em novas prioridades, agentes e instituições. Enquanto a cultura tradicional da paz é industrial, orientada pelos valores monetários, e desarmônica, a nova cultura da paz é humanitária, baseada em informações e harmoniosa. A nova cultura da paz difere qualitativamente da tradicional, mas, simultaneamente a moderniza e fortalece. A paz harmoniosa evita guerras, terrorismo e pobreza, enquanto a desarmoniosa (tradicional) apenas limita essas ocorrências. Mas, a nova cultura da paz emerge do interior da cultura antiga.

 

A harmonia social é um valor integrativo numa sociedade de informação global que reúne em si mesma, valores como o amor, a paz, a justiça, a liberdade, a igualdade, a irmandade, a cooperação, a não violência, a tolerância, o humanismo e outros valores universais dando prioridade às crianças. A harmonia é o valor principal da cultura oriental (Confucionismo, Budismo, etc) mas, não se tornou um valor prioritário para a sociedade industrial. Ao mesmo tempo não é desconhecida da cultura ocidental (Pitágoras, Platão, Aristóteles, renascença, Leibnitz, etc.) Assim, a harmonia é um valor comum para as culturas do ocidente e do oriente, podendo eliminar o conflito entre as civilizações. A harmonia social origina uma paz sustentável e harmoniosa, além de guerras, terror e pobreza. A paz harmoniosa (harmonia social)começa com a harmonia dos gêneros (Mães e pais), e gerações (pais e crianças), e continua na população com a harmonia das classes através de interações harmoniosas.

Uma ordem de harmonia social é construída sobre os valores da harmonia social priorizando-se as crianças, seus pais e tutores, a qual gera um equilíbrio sustentável entre os grupos sociais e etnias. Esta ordem é criada por agentes e instituições adequadas que sobrepujam as origens sociais da guerra, terrorismo e pobreza. Uma ordem da harmonia social pode surgir em uma sociedade de informação global e gradualmente remove a desarmonia social produzida nas sociedades industriais. A sociedade pós-industrial pode fortalecer a paz harmoniosa através da criação de tecnologias da informação para fazer novas descobertas e novos institutos legalizados com a finalidade de legitimar as prioridades inatas das crianças, seus pais e tutores com relação ao amor à paz. A ordem da harmonia social (paz harmoniosa) é um passo qualitativo novo para o desenvolvimento da civilização. É uma alternativa a ordem global da desarmonia (paz tradicional) da sociedade industrial, construída com base nas prioridades do dinheiro e do poder que faz gerar guerras, terrorismo e pobreza. A desarmonia da sociedade moderna tem colocado o mundo à beira da autodestruição através das guerras, armas de destruição em massa, proliferação nuclear, terrorismo, no confronto das civilizações, na destruição da família e do ambiente, na pobreza de cinco ou seis bilhões de seres humanos, na discriminação da pobreza e negligência das crianças (definição das Nações Unidas em uma Seção Especial sobre a Infância em maio de 2002) que são nosso futuro. Somente uma nova cultura da paz pode dar prioridade às crianças, pais e tutores e ser capaz de sobrepujar esta autodestruição. A criação de uma nova cultura da paz com base na harmonia social, para evitar guerras, terrorismo, pobreza e autodestruição é impossível sem este vasto potencial de amor à paz, que até agora não foi reclamado.

Institutos, projetos e recursos para uma nova cultura da paz como tema para discussões.

1.Implicações da Tetrasociologia, como teoria científica da ordem natural da harmonia social dasquatro classes globais da população, para uma sociedade informada (global);

2.Polilogo das civilizações, como um diálogo pluricultural e pluridimensional para desenvolver a harmonia social tornando-a uma base para alcançar a paz harmoniosa;

3.Democracia global na sociedade civil, construída com base em uma distribuição igualitária de poder entre as classes globais, gêneros e gerações, como estado uniforme para a harmonia social e paz harmoniosa;

4.Mães a favor da Paz como uma associação global em prol de um movimento que influencie a harmonia social e uma poderosa força de amor à paz buscando estabelecer uma nova cultura de paz harmoniosa;

5.Pais em favor da Paz para homens que amem e cuidem de crianças em oposição à violência e guerra;

6.Voto de crianças executado por pais, como um instituto sociocultural e mecanismo legislativo com a finalidade de priorizar o bem estar das crianças, pais e tutores, para consolidar a base social em uma nova cultura da paz;

7.Imunidade anti-terrorista (não separatista, não violenta) de importância social para uma nova cultura da paz;

8.Outros institutos, projetos e recursos para uma nova cultura da paz harmoniosa.

Modelo tetrasociológico da paz harmoniosa para uma sociedade global.

A tetrasociologia é uma teoria quadridimensional, holística e interdisciplinar de uma sociedade global considerada como um sistema cibernético de quatro níveis de reprodução social. Esses níveis (esferas) cooperam para formar uma ordem natural de harmonia social subjacente que tem potencial para criar paz harmônica em uma era de globalização. A tetrasociologia é uma síntese da idéia estrutural ocidental da reprodução do plano social e a idéia dos valores orientais de harmonia.Uma harmonia dos planos que ocorra naturalmente é o enfoque central e a premissa chave da tetrasociologia. Com base nesta premissa da harmonia dos planos, a tetrasociologia apresenta as seguintes previsões ou seis expectativas sobre as inovações que realçam a paz de uma sociedadeglobalizada.

  1. Auto-identificação das classes de esferas: Socioclasse, Infoclasse, Orgclasse, Tecnoclasse, por aqueles empregados nas classes de reprodução social correspondente, que se transformam em agentes conscientes da harmonia social;
  2. Esfera A democracia dasociedade civil é promovida por uma distribuição igualitária de poder entre as classes, entre os gêneros e entre as gerações (incluindo as crianças) que realçam a ordem da harmonia social e contribuem para a paz harmoniosa;
  3. Esfera - A estatísticasociológica fornece medidas quantitativas da harmonia social;
  4. Esfera A tecnologia estatística da informação calcula potenciais para a harmonia social;
  5. Esfera A tecnologiasócio-cultural se dirige para a consecução e manutenção da harmonia social, incluindo o voto das crianças executado pelos pais;
  6. Esfera - O gerenciamento estratégico assegura o governo harmônico das classes e subclasses em todos os níveis sociais.

Estas inovações de uma sociedade globalizada ajudam a criar uma ordem organizada de harmonia social e uma nova cultura da paz harmoniosa que procura evitar guerras, terrorismo e pobreza além de outros desafios globais. Tal ordem surge não de se dar prioridade a dinheiro e propriedades, mas, de se priorizar o bem estar das crianças e as pessoas responsáveis por seus cuidados: pais, professores, médicos, etc. Esses grupos, incluindo as crianças, vão de 50% a 80% da população de vários paises e possuem o maior potencial para se tornarem amantes da paz.

O modelo tetrasociológico da paz harmoniosa é oferecido como um dos assuntos básicos para discussão em nossa página eletrônica.

Línguas

Planejamos apresentar novos institutos culturais, projetos e recursos para a paz harmoniosa em três línguas básicas: Russo, Inglês e Esperanto. Começando com nossos conceitos de pluriculturalismo, e bilingüismo, reconhecendo o Inglês e o Esperanto como línguas da comunidade internacional. Em adição, publicaremos contribuições em nosso website nas seguintes línguas: Japonês, Espanhol., Chinês, Português, Alemão e Francês.

Fórum de Leitores

Isso inclui uma troca de idéias e informações sobre o tópico de uma nova cultura da paz harmoniosa com base em uma variedade e pluralismo de opiniões. Encorajamos nossos leitores a enviarem: sumários, artigos, resenhas, mensagens, críticas, etc.,(limite de 5 páginas). Se um leitor partilha nossa fé em uma nova cultura da paz baseada na harmonia, ele(a) pode tornar-se um co-autor do website e abrir sua própria página e dar suaprópria contribuição a esta cultura. Em especial, convidamos pessoas que se preocupam com as crianças, estudantes e pais recentes. O site Paz baseada na Harmonia convida todos para uma ampla discussão internacional de idéias inovadoras para uma nova cultura da paz e maneiras de realizá-la a níveis local, nacional e planetário. Ampliar a educação e o desenvolvimento de crianças e pais jovens em uma cultura baseada na paz é outra tarefa não menos importante de nosso site.

Financiamento

Para o funcionamento deste site público, não comercial e não governamental, a parte básica que é a tradução de materiais (documentos, artigos, resenhas, respostas etc.) em pelo menos três, e às vezes nove línguas e para conduzir estudos sociológicos de opinião pública sobre a cultura da paz, o mínimo de financiamento é de 36 mil US dólares por ano, ou seja, três mil por mês. Para esse financiamento, nós convidamos patrocinadores que partilhem o ideal da paz harmoniosa e que valorizem o bem estar de crianças e seus pais. As contribuições dos patrocinadores irão apoiar e fortalecer a percepção pública sobre idéias e trabalho para uma nova cultura da paz e eles serão considerados guardiões do site.



Up
© Website author: Leo Semashko, 2005; © designed by Roman Snitko, 2005